Amanhecer a divagar

A desconfiança e a prudência podem reprimir o entusiasmo e bloquear toda a imaginação e a espontaneidade, que são dois dos fatores mais importantes para alcançar o sucesso e a realização pessoal. Filipe Miguel Amanhecer a divagar - Não desconfiar de tudo e de todos

Anúncios

Não sou de metades

Metades? Não quero. Não sou de meio-termo! Não sou de metades. Não quero metades. Não vivo de metades. Não quero meio amor. Não quero meia paixão. Não quero meio desejo. Não quero meia atenção. Não quero meia vontade. Não quero meio carinho. Não quero meio abraço. Não quero meio beijo. Não quero meio sorriso. (...) Podem ler o texto na íntegra clicacando na foto

Amanhecer a divagar

Mesmo que as pessoas ignorem o teu encanto, a única forma de sentires-te verdadeiramente atraente, é acreditares apenas em ti mesmo. Filipe Miguel Amanhecer a divagar - Acredita no teu encanto natural

As minhas borboletas

As minhas borboletas ficam doidas quando te vêm ou quando ouvem a tua voz. As minhas borboletas esvoaçam tontas sem parar, não têm descanso e não adormecem. Não só ficam acordadas, mas em estado de alerta. Se estou contigo, dançam de alegria e se não estou, fazem uma dança da chuva para te chamar. O segredo não é cuidar das borboletas e sim cuidar do jardim para que elas venham até nós. (...) Podem ler o texto na íntegra clicacando na foto

Amanhecer a divagar

A confiança demasiada nas suas ideologias podem incapacitar de ver melhor o que se passa ao seu redor. Por vezes é preciso cometer alguns erros para entender melhor. Filipe Miguel Amanhecer a divagar - A errar é que se aprende

Só não sofre quem não sente

Só não sofre quem não sente. É esta uma grande verdade. Ninguém escolhe querer sofrer, mas é algo que um dia mais cedo ou mais tarde acaba por acontecer, é algo inevitável. E quem mais sente, mais sofre! É esta a verdade. A possibilidade de sofrer é grande, mas a vontade de ser feliz é ainda maior. E pela felicidade, vale a pena correr o risco. A felicidade encontra-se arriscando. A vida é um risco! E arriscar para ser feliz é algo por que vale a pena correr o risco. A entrega faz todo o sentido, mas nem sempre é das duas partes. Não há amor sem sofrimento e mesmo assim ama-se sempre mais e sem medos. O amor e a felicidade é algo que está ao alcance de todos nós, ou pelo menos assim o espero. (...) Podem ler o texto na íntegra clicacando na foto

Amanhecer a divagar

Viver para o trabalho, não é viver a vida. Um dia vais acordar e perguntar se valeu a pena. Aproveita a vida para viver. Tira um tempo para cheirar as rosas. Filipe Miguel Amanhecer a divagar - Equilibrar a balança da vida

Razão ou Coração

Vivemos num mundo fantástico onde por vezes nos deparamos com dois caminhos: o da razão e com o do coração. O coração entorpece-nos a razão, como a razão entorpece o coração. A razão é a essência da inteligência, daquilo que é politicamente correto. O coração é agir transparentemente, é ser autêntico. Quando ambos caminham sozinhos, é difícil encontrar um equilíbrio. Agir com o coração, pode ser difícil e é preciso ter muita coragem também. A razão, ela é sempre necessária, mas nunca a devemos considerar quando sozinha. A razão adapta-se ao coração. É na conexão da razão com o coração que encontramos um equilíbrio seguro das situações. (...) Podem ler o texto na íntegra clicacando na foto

Amanhecer a divagar

Ser sensato, não é ser uma pessoa aborrecida, nem se coibir com a repetição da rotina. Ser sensato, é ser prudente. É ter uma atitude mais realista e focada nos seus projetos, para que possa expressar todo o potencial estudando conscientemente tudo aquilo que é e o que não é possível. Filipe Miguel Amanhecer a … Continue lendo Amanhecer a divagar

Palavras que ficam por dizer

Há palavras que não saem, ficam presas. Há palavras que ficam por dizer, tornam-se mudas. Há palavras que ficam na memória e deixam saudades. Palavras não ditas, oportunidades perdidas e momentos ilusórios! Há palavras que ficam por dizer o que sentimos, e essas palavras que não são ditas podem causar danos irreversíveis e irreparáveis. Tem dias que as lágrimas falam. Lágrimas que vêm do coração em forma de palavras. O coração não fala, mas sente e expressa-se! (...) Podem ler o texto na íntegra clicacando na foto